sexta-feira, 8 de julho de 2016

JM Arquidiocesana de Maceió iniciam trabalho da Jornada do Jovem Missionário 2016


Entre os dias 24 a 26 do mês de junho do ano de 2016, realizou-se na Igreja Matriz Nossa Senhora Virgem dos Pobres, localizada no bairro do Vergel do Lago, na cidade de Maceió, o Encontro de Líderes da Juventude Missionária – ELJUMI 2016, que teve a temática “Educar Para o Bem Viver nas Obras de Misericórdia”, onde estavam presentes os representantes das JM´s das Paróquias da Arquidiocese de Maceió.


O encontro iniciou às 17h30 da sexta-feira, 24/06, com acolhida e credenciamento dos jovens participantes, na entrada do Salão da Igreja N. Srª Virgem dos Pobres - Vergel, onde, os jovens receberam os crachás de suas respectivas equipes (5 continentes), e em seguida se direcionaram para Igreja, para participarem da Santa Missa, presidida pelo Padre Edvaldo Afrânio, pároco da Matriz N. Srª Virgem do Pobres - Vergel, juntamente com todos da comunidade. Após a Celebração eles foram direcionados ao refeitório do local do encontro, para jantar e receber as primeiras orientações. Seguida da refeição, os participantes se reuniram no salão do encontro para apresentação da programação, das atividades e orientações sobre a divisão das tarefas durante os dias do encontro, pois, na proposta de formar líderes, algumas tarefas da programação precisavam ser assumidas em grupo pelos próprios jovens.

Durante a manhã e tarde do sábado, 25/06, os jovens realizaram orações e receberam formação da equipe de coordenação da Juventude Missionária da Arquidiocese de Maceió, sobre as Pontifícias Obras Missionárias¹, Itinerário de Iniciação à Vida Cristã no Projeto Evangelizador da Juventude Missionária do Brasil e para formação do Discípulo Missionário², além de Assessoria da Irmã Maria Betânia, assessora da Juventude Missionária de Murici, que partilhou sua experiência como Missionária Claretiana, que apresentou e citou como viver as Obras de Misericórdia no dia a dia da vida do(a) jovem missionário³. Ainda no sábado, a partir das 17h, todos se prepararam para viver um momento de descontração dentro do encontro, o Arraiá Missionário 2016, que propôs aos jovens partilhar as alegrias das festividades juninas, com comidas típicas, dança e quadrilha improvisada, sem a necessidade de utilizar de prazeres não cristãos para buscar felicidade. Na proposta de encerrar a noite do sábado, os participantes foram solicitados a realizar uma oração em grupo, no intuito de estimular o silencio de todos e viver um pequeno momento de espiritualidade missionária, com a prática da Lectio Divina, a Leitura Orante da Bíblia.


Na manhã do último dia do encontro, domingo, 26/06, os jovens iniciaram o dia em comunhão com toda a comunidade, participando da Santa Missa, presidida pelo pároco da Matriz, Padre Edvaldo Afrânio. Ao fim da Celebração os jovens se reuniram no altar da Igreja Matriz N. Srª Virgem do Pobres, juntamente com Pe Edvaldo, para registrarem a foto oficial do encontro. Após a Missa todos partilharam o café da manhã, onde, Pe Edvaldo, designou a benção sobre todos e aos alimentos, partilhando junto aos jovens o alimento de cada dia.

Após o café da manhã, os jovens participaram de uma formação, Educar Para o Bem Viver4, que apresentou aos jovens, características da Encíclica Laudato Si, que trabalha os cuidados com a nossa Casa Comum, temática iniciada na Campanha da Fraternidade e que também será trabalhada no mês missionário, outubro dentro da Campanha Missionária 2016. Posteriormente a formação, foi realizada a Avaliação do Encontro, onde, todos puderam das suas opiniões em três perspectivas de avaliação: Que Bom? (Avaliando os momentos e aspectos bons do encontro); Que Pena? (Avaliando os aspectos e momentos que precisavam melhorar no encontro); e Que Tal?
(Propostas e Sugestões que podem ser adotadas nos próximos encontros). A Avaliação foi seguida
de organização e limpeza do local em equipes, dividindo os trabalhos entre os jovens, que logo
após as atividades, partilharam a oração final seguida do almoço.


Junior Souza
Coordenação Arquidiocese de Maceió POPF/JM-AL

terça-feira, 6 de outubro de 2015

MISSÃO JOVEM DE OLIVENÇA ABRE MÊS MISSIONÁRIO NA DIOCESE DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS-AL



 
Neste primeiro final de semana de outubro (2 a 4) a Juventude Missionária (POM) da Diocese de Palmeira dos Índios-AL realizou junto a paróquia Nossa Senhora do Carmo em Olivença-AL a primeira missão jovem diocesana animada pelas Pontifícias Obras Missionárias. A experiência Missionária contou com cerca de 170 missionários (das Obras Pontifícias da Diocese e missionários locais de grupos e expressões presentes na Paróquia) que partilharam suas vidas com a comunidade Oliventina.

A Diocese de Palmeira dos Índios acolheu em janeiro a Missão Jovem Estadual da JM, e agora vivenciou a primeira em escala Diocesana. Essa Missão Jovem teve como objetivo viver uma experiência de encontro com Cristo “no estar junto com as pessoas”, além de animar missionariamente os grupos e expressões da paróquia local que acolhe, para que também sejam corresponsáveis com a Missão de Deus que é confiada a todo Cristão (Mt 28,19).

Na missa de envio na sexta-feira, o pároco, Pe. Petrônio, lembrava o papa Francisco que nos conclama a “sair da sacada, sair das dependências superando os limites da sua humanidade para ir ao outro”, e lembra que os discípulos ao voltarem da pesca sem sucesso, recebem a ordem de Jesus, que os manda lançar novamente a rede em águas mais profundas, “nós recebemos essa ordem também, e apenas superando nosso comodismo, nosso achismo, nos lançaremos na proposta do evangelho de Cristo, que nos encaminha a todos sempre com despojamento e  amor” ressalta o pároco.

Com o tema “Missão é servir” os missionários viveram a experiência de serem acolhidos nas casas das famílias partilhando de suas alegrias, dores, esperanças, além de buscar também soluções para alguns problemas detectados nas visitas porta-a-porta como foi vivenciado pelo pequeno Cícero de 11 anos que é da Infância e Adolescência Missionária de Olho D’água das Flores que ao chegar em uma casa encontrou uma família que necessitava de alimentos,ele, impelido pelo amor missionário, motivou os seus amigos missionários e partiram de casa a casa conseguindo alimentos para a família, “Vou conseguir alimentos para a senhora, mas quero também fazer um convite, espero  vocês hoje à noite na Missa e lá lhes entregarei o alimento”, a noite a família estava presente e muito felizes com a celebração disseram a Cícero que sempre virão as missas. Todos se encantaram pela maturidade missionária deste pequeno que além de buscar uma solução imediata para o problema, o fez como instrumento de evangelização, e com muita ética preservou o nome da família. 

A jovem Paula da comunidade São José menciona: “Ficamos muito felizes em acolher os missionários nas nossas casas, eles trouxeram muita alegria e nos motivaram a formar um grupo de jovens e sermos missionários também, pois assim, poderemos servir a nossa comunidade”, ela ressalta que “os missionários voltaram para suas casas, mas ficamos nós com o compromisso de sermos missionários e junto aos jovens da comunidade vamos zelar pelas crianças, animando também a Infância e Adolescência Missionária”.

Colaborando com a missão universal,  novos Grupos de IAM começam a caminhada na comunidade, e as famílias já se organizam para fazer a novena missionária paróquia como é o caso da Dona Nair da Comunidade São José, que já espera ansiosa pelas famílias que estarão já no próximo sábado em sua casa fazendo o primeiro dia da novena missionária.

Já deixamos marcado para novembro o EFAIAM I para animar e formar os assessores das comunidades que já tem a obra e outras quatro em implantação, e para o dia 17 deste um Encontro de Espiritualidade Missionária formando os jovens locais.     

Com muita alegria os missionários voltam para suas casas, deixando um pedacinho de si e levando consigo a gratidão a Deus e a todos pela acolhida, o amor, o olhar e o sorriso de cada pessoa visitada, das crianças e contam com a comunidade local para que a missão continue a cada dia como vida partilhada, para que assim todos em todos os lugares conheçam e amem a Cristo. 

O nosso muito obrigado a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, a todas as comunidades que visitamos, a todas as famílias que nos acolheram, as crianças, jovens e adultos locais que se disponibilizaram a partilhar as vidas e também a presença das Irmãs Missionárias Claretianas Hermínia e Betânia que vieram de Maceió somar forças nessa bonita experiência.

A Missão é dinâmica e só é eficaz se for uma missão continuada e fundamentada na pessoa de Jesus Cristo.

Irmã Ana Aparecida MC
Assessoria Estadual POPF/JM-AL

terça-feira, 2 de junho de 2015

ENCONTRO ESTADUAL DA PONTIFÍCIA OBRA DA PROPAGAÇÃO DA FÉ



A Pontifícia Obra da Propagação da Fé / Juventude Missionária de Alagoas, convida os animadores missionários (Coordenações de Grupos JM, Grupos de Propagação da Fé, Idosos e Enfermos Missionários, Assessores da IAM e JM) alagoanos à participarem do ENCONTRO ESTADUAL DA PONTIFÍCIA OBRA DA PROPAGAÇÃO DA FÉ, que acontecerá no Centro de Treinamento PIO XII na cidade de Palmeira dos Índios-AL entre os dias 17 e 19 de Julho do corrente ano.
O tema do nosso Encontro estadual será “Discípulos Missionários a Luz do decreto Ad gentes”. Decreto este, que comemora 50 anos e traz consigo um novo olhar à Responsabilidade Universal da Igreja, além de traduzir o carisma das Pontifícias Obras Missionárias.
Contaremos com a assessoria das Pontifícias Obras Missionárias e com a presença da Leiga Missionária Theony Santos que partilhará sua experiência missionária em Moçambique/ÁFRICA.
As inscrições deverão ser feitas impreterivelmente até o dia 04/07/2015 no link disponível abaixo e na página no facebook. A taxa de inscrição será de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) que contempla hospedagem, alimentação e material de credenciamento.
Os grupos receberão rifas de um Kit Missionário para auxiliar na aquisição de dinheiro para a participação no encontro (caso seu grupo não tenha recebido as rifas, solicite pelo e-mail lucasroofer@gmail.com). Vale salientar que devemos prezar por nossa auto sustentação só recorrer a paróquia/capela para ajuda financeira caso não consigamos arrecadar a quantia necessária.
Ressalta-se que é necessário que cada participante leve seu Kit Missionário (Caderno, Caneta, Terço, Bíblia), Notebook e Pen Drive caso tenham, material de higiene pessoal, roupa de cama e muita alegria.


INSCRIÇÃO NO ENCONTRO ESTADUAL DA POPF

Atenciosamente

Equipe de Coordenação Estadual da POPF/JM – AL

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

JUVENTUDE MISSIONÁRIA INICIA CAMINHADA EM LIMOEIRO DE ANADIA-AL




A implantação ocorreu neste sábado 21/02, no povoado Pé-Leve, contando com a presença de 35 jovens do povoado, que alegremente se comprometeram em animar missionariamente a comunidade local além de alcançar o mundo seja com a oração, ou com a solidariedade concreta nos gestos ou com o cofrinho missionário.

Na ocasião o coordenador estadual da Obra, o jovem Lucas Ferro, refletiu com os presentes acerca da vida do missionário e da partilha desta em favor do outro, de forma que complementasse o processo de apresentação iniciado semanas antes. “Ser missionário não é um momento, apenas uma visita ou gesto de caridade que fazemos, vai muito além; ser missionário é dedicar a nossa vida onde quer que estejamos, para que Cristo seja sentido, conhecido e amado, por todos” ressalta Lucas.

O jovem Edinaldo Filho enfatiza o carisma missionário dos jovens presentes ao afirmar: “esses jovens tem a necessidade de ir as pessoas, de fazer algo de concreto, a prova disto, é que enquanto aguardávamos a implantação, íamos as casas rezar o terço, sentir as pessoas, estar junto, não nos bastava apenas nos reunir na salinha, tínhamos e temos que IR aos outros”.
 
Com alegria acolhemos cada um, e agora o desafio é seguir o caminho do discípulo missionário, lembrando que o prêmio é ser útil, é encontrar Cristo no outro, nos detalhes, na vida. Que São Francisco Xavier e Santa Teresinha do Menino Jesus interceda por cada um junto a Cristo e que tenham a coragem de rumar ás águas mais profundas.


Por: Comunicação POPF/JM
Alagoas